quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

LAURA ANTONELLI

Laura Antonelli (nome artístico de Laura Antonaz) (Pola, 28 de novembro de 1941) é uma atriz italiana, popular nos anos 70 e 80.
Laura era professora de Educação Física em Nápoles quando foi convidada a fazer anúncios para a Coca-Cola, começando então uma carreira artística. Fez seu primeiro filme em 1965, seguido da estréia no cinema norte-americano numa comédia erótica com Vincent Price, começando então uma participação em outros filmes italianos deste genêro, como Malícia, de 1973, comédia picante de grande sucesso de bilheteria que a transformou num sex symbol italiano no início dos anos 70 e elevou seu cachê, por filme, de 4 milhões para 100 milhões de liras.[2]. Laura começou a fazer filmes mais relevantes a partir da metade da década, como O Inocente, de Luchino Visconti e Esposamante, de Marco Vicario, em 1977.
Premiada com um David di Donatello em 1973 e o Nastro d'Argento, premio da crítica cinematográfica italiana, em 1974, Laura continuou a filmar nos anos 80 com diretores como Ettore Scola e Mauro Bolognini, como uma das grandes estrelas italianas da época, até ver sua carreira ser subitamente interrompida em maio de 1991, quando a polícia encontrou 36 gramas de cocaína durante uma batida, motivada por denúncia anônima, em sua casa. Acusada de tráfico de drogas, foi condenada à prisão domiciliar de três anos e seis meses. Com sua carreira acabada, Laura lutou quase dez anos contra a condenação na justiça, sendo finalmente inocentada da acusação de tráfico, transformada em dependêcia química, em 2000.

Um comentário:

  1. A mulher mais bela que o cinema ja teve. Laura Antonelli.

    ResponderExcluir

Seu comentário é benvindo